•   (31) 2555-7566

Na década de 1960, enquanto o biquíni se tornava uma peça incontestável, seu uso ainda era proibido nos clubes de Belo Horizonte. 

Nesse cenário, um "engana-mamãe" projeta Cila Borges, uma jovem inconformada com o tradicionalismo mineiro e atenta às novidades das praias cariocas. Nascia a Cila.

Nos 45 verões que se seguiram, a marca criou uma identidade marcante, feminina, moderna e singular. Os cortes meticulosamente construídos modelam e estampas revestem de poesia a partir de sabores beliscados por rotas profusas percorridas por Tetê, a filha estilista, que dá sequência à trajetória materna, e conta, a cada verão, uma história original a partir de imersões em países e culturas fascinantes.

São coleções vividas, resultado de olhos inquietos e sentimentos borbulhantes.

Para celebrar os 45 anos, a Cila convidou o artista Luís Matuto para ilustrar três temas que sintetizam os pilares da marca: o mar, a mulher e o amor. E para cada estampa, apresenta um trabalho de tipografia com as letras de cada palavra que define seu tema respectivo.